Topete não, obrigado!

meu cabelereiro
Meu cabeleireiro. Com ele não tem erro.
Os momentos mais terriveis da minha vida podem ser dividos entre os vividos no Dentista e em Cabeleireiras.
Aos poucos estou superando meu medo de dentista, já até consigo ouvir o barulhinho sem tremer.. Ainda falta muito, como por exemplo extrair meus cisos para colocar o aparelho, isso irá requerer uma dose extra de coragem.
Agora, cortar o cabelo sempre me foi algo traumático. Não sei se é porque eu acostumo com o modo que ele está e não consigo ve-lo diferente ou se eu realmente não tenho sorte e ele nunca fica como eu gostaria.
Quem me conhece sabe que eu costumo cortar o cabelo em intervalos não regulares de 6 meses. Como assim? Sim, eu corto bem curto e vou deixando crescer… e vira esse ciclo estranho.
Todos aqueles que já me viram por mais de 5 minutos, sabem que tenho mania de enrolar o cabelo, eu sei que é uma mania estranha. Essa mania me acompanha desde que eu me entendo por gente, quando tinha uns 4 ou 5 anos minha vó me levou para cortar o cabelo, e como era de se esperar *OWNED* a cabeleireira cortou muito. Assim não havia cabelo o suficiente para eu enrolar, não dava no tamanho muito menos na quantidade. Para o desespero da minha vó, chorei todos os dias até o cabelo crescer novamente, felizmente ele cresceu rapido!
nao chore
Não quero nem ver!
Na penultima vez em que cortei o cabelo, algo parecido aconteceu. Como sempre, eu não queria entrar no salão, segurei no poste do lado de fora, bati o pé, tentei correr mas não teve jeito. Então sentado na cadeira em total estado de pânico pedi humildemente a senhora que iria cortar o meu cabelo para apenas ‘aparar as pontas”. Ele aparentemente entedeu e começou a tortura. Claro, ela conversava mais do que cortava o cabelo, enquanto isso eu olhava apavorado para o espelho. A cada momento eu repetia: _Não corta muito não, só as pontas. Estava tão apavorado que perdi a noção do tempo e quando voltei a mim eu estava com o cabelo curto quase no estilo exercito e com um topete. Caros leitores, imaginem a minha cara, um mixto de decepção, raiva, tristeza e todos os sentimentos ruins que você consegue pensar. Estava tão desolado que não tive nem forças para reclamar, minhas ultimas palavras naquele momento foram: _Era só para aparar as pontas! A bruxa senhora me respondeu: Cabelo curto é mais bonito! Paguei, e saí amaldiçoando aquele momento, aquele salão e tudo mais.
Como ela teve a cara de pau de dizer aquilo? Caramba, o cabelo é meu, ela tem que cortar do jeito que eu quero, não do jeito que ela quer! Toda vez que meu irmão vai lá cortar o cabelo ela pergunta por mim e meu irmão sacana dispara a rir. Nunca mais volto naquele lugar!
Ontem, quase tudo isso se repetiu, exceto pelo tragico fim. Está certo que eu me arrependi de cortar, como sempre, mas até que ficou legalzinho.

objetivos para 2007, e aí?

Tudo passa, até a uva passa!

Mais um ano está chegando ao fim, esse foi muito marcante, aconteceram muitas coisas boas e ruins.

Em janeiro desse ano eu seguindo um meme postei os meus objetivos para 2007, foram listados 5 objetivos para esse ano. Vou reslista-los abaixo e ver quais foram realizados.

Cursar Biomedicina:
Pensei, pensei, analisei, pensei e pensei mais um pouco e acabei desistindo. A questão que pesou nessa minha escolha foi unicamente financeira.

Viajar para fora do Brasil:

Esse ainda é um objetivo, e só não se realizou este ano devido a falta de tempo. Mas a viagem já está certa para minhas férias em 2008.

Comprar um Mac :

Mais uma vez eu pensei, pensei, cliquei, pensei, cliquei e pensei mais um pouco e acabei desistindo de comprar aqui no Brasil, mesmo com o preço pouco salgado das americanas. Então, esse objetivo tem como dependencias o objetivo anterior.

Contribuir mais com o ubuntu, gnome e com o projeto GNU:

O primeiro semestre desse ano, foi muito produtivo para mim no quesito Software Livre. Participei do fisl e vários outros eventos, tormei-me um embaixador do projeto fedora e muitas outras coisas. Já no segundo semestre, eu vivi uma crise de contribuição, acho que todos que contribuem com SL já passaram ou passarão por isso um dia. É aquele momento onde você para e se pergunta: vale a pena? Enquanto você não tem essa resposta, você também não tem motivação. Admito que eu poderia ter encontrado essa resposta antes, mas eu tive outros problemas e todos eles juntos só agravaram a situação. Mas agora já está resolvido, já voltei das minhas “férias” e se não fosse por tudo isso eu teria cumprido meu objetivo.

Tirar a LPIC-1 e 2 :

Não sei qual o motivo para eu ter colocado isso como objetivo para 2007, já pensei muito não assunto e vi que isso foi uma grande viagem. Vai me enteder…

De um modo geral, 2007 não foi um bom ano, cada coisa boa que aconteceu veio acompanhada de 3 ruins. Eu acredito que tudo de ruim é aprendizado e mais para frente quando eu olhar para trás eu vou ver que foi importante ter sido dessa maneira.

Umas das coisas legais que aconteceram e que não teria acontecido se não fosse por uma coisa ruim, foi a desnerdização ou reintegração social -como dizem uns amigos meus, eu conheci mais pessoas nos ultimos 6 meses do que nos ultimos 4 anos.

Logo postarei aqui os objetivos para 2008, assim eu vou ter assunto para um post em 2009. =)